terça-feira, 29 de setembro de 2015

Tempo Novo

Que seja abraço meu mais triste gesto no primeiro dia deste tempo novo que seja o retorno riso, o alimente em dobro toda a lágrima venha para que sorriso a faça Ciente dos opostos, seu ciclo reconheça e das profundezas e voo seja agora remo